Receba Notícias
+55 (15) 3363.4663 contato@linetec.ind.br
Estrada Alfredo Sebastiani 2400 Boituva/SP - CEP: 18.550-000
 
Topo

Relatório de Sustentabilidade da Embraco mostra reciclagem de aço

O programa Nat.Genius da Embraco, multinacional fabricante de compressores e soluções para a refrigeração, reciclou 5.656 toneladas de aço em 2 anos. O volume daria para produzir 4 mil automóveis; e mais 3 mil toneladas de ferro suficiente para erguer 42% da Torre Eiffel.

 

Os dados do programa reconhecido pela Fundação Ellen MacArthur, dos anos de 2015 e 2016, estão no Relatório de Sustentabilidade da Embraco apresentado pela empresa nesta terça-feira, dia 23 de maio.

A companhia também relata a reciclagem de 10,6 mil toneladas de materiais com zero resíduo industrial no aterro; 7 mil toneladas de CO2 a menos emitidas à natureza e mais de 35 mil pessoas beneficiadas por projetos sociais.

 

O relatório traz informações sobre ações e impactos gerados para a empresa e para a comunidade, reforça o compromisso da Embraco com o Pacto Global, renovado a cada ano, e contempla os objetivos do Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 

Estão registrados a estratégia e os passos que guiam a companhia globalmente rumo a 2020, pautados pelo desenvolvimento de produtos e cadeia de valor sustentável por meio de pessoas engajadas.

 

A vice-presidente de Sustentabilidade, Recursos Humanos e Comunicação da Embraco, Ursula Angeli, considera que “a sustentabilidade vai além do desenvolvimento de soluções inteligentes e está presente em toda a cadeia de valor. Na nossa visão, relações e processos também precisam ser sustentáveis e acreditamos no nosso potencial de transformar realidades nas comunidades que vivem no entorno das nossas plantas e escritórios em todo o mundo”.

 

Impactos socioambientais

 

A Embraco contribui em outros elos da cadeia para diminuir os impactos socioambientais. No último biênio, a companhia consolidou o Programa de Excelência de Fornecedores, que oferece workshops e trabalhos multidisciplinares para melhorar a performance da cadeia, alinhado à metodologia do World Class Manufacturing (WCM), que visa a excelência operacional.

 

A empresa também promove o Dia do Fornecedor, um evento global de relacionamento que visa engajar e reconhecer esse público. Entre 2015 e 2016, mais de 160 fornecedores participaram dos eventos realizados na China, Brasil, Eslováquia e México, e puderam discutir temas relevantes, como a eficiência no uso de recursos naturais, utilização de refrigerantes naturais e o desenvolvimento de produtos cada vez mais sustentáveis. Neste dia, as melhores empresas do ano são premiadas levando em consideração critérios como qualidade, cooperação, logística e sustentabilidade.

 

Produto e inovação

 

Segundo o relatório, atualmente a Embraco possui capacidade anual de produção de 40 milhões de unidades de compressores, tecnologia responsável pela preservação de 1/5 dos alimentos consumidos em todo o mundo. A empresa conta com 47 laboratórios de pesquisa, em quatro continentes, responsáveis pelo desenvolvimento e lançamento de soluções focadas em eficiência energética, uso de refrigerantes naturais – que possuem contribuição quase nula para o aquecimento global quando comparados a outros fluídos -, redução de custos e otimização de espaços (miniaturização).

 

A companhia investe de 3% a 4% de sua receita líquida em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) para transformar tecnologia em inovação. “É isto que nos desafia a ir além e nos mantém como referência global no mercado de refrigeração”, diz Luis Felipe Dau, CEO da Embraco. O relatório, inclusive, mostra que 59% da receita da companhia dos últimos 5 anos vêm de soluções inovadoras lançadas somente neste mesmo período.

 

Intensificamos a transformação cultural da companhia com objetivo de nos tornarmos ainda mais simples, inovadores e centrados em nossos clientes. Nossa missão é oferecer soluções inovadoras para uma melhor qualidade de vida. Temos orgulho do caminho que percorremos até aqui e isso só foi possível porque contamos com um time engajado de altíssimo calibre, referência na indústria”, finaliza Dau.

 

Eficiência energética

 

O Relatório de Sustentabilidade traz informações sobre os compressores Fullmotion, que consomem 40% menos de energia se comparados a tecnologias convencionais, e o Wisemotion, único compressor sem de óleo do mercado, com 20% a mais de eficiência energética em relação aos compressores mais eficientes, ocupando menos espaço, facilitando a logística e conservação dos alimentos. Se forem somados os compressores Fullmotion vendidos nos últimos dez anos, a economia de energia equivalente a nove bilhões de KWh seria suficiente para abastecer a Croácia durante seis meses ou o Estado de Santa Catarina por quatro meses.

 

Poupar energia é uma preocupação constante na fabricação dos produtos da Embraco. A implementação do WCM, especialmente do Pilar de Energia, impulsionou iniciativas de eficiência energética em todas as plantas. Só na unidade de compressores de Joinville (SC), houve a redução de 11% no consumo de energia elétrica entre 2015 e ano passado. O WCM busca, ainda, atingir zero acidentes, zero perdas e zero defeitos.

 

 

Reuso

 

 

Em 2015, a planta Brasil zerou o envio de resíduos industriais para o aterro, uma demonstração de que a companhia está no caminho para cumprir a meta de zerar o envio de resíduos para aterros das fábricas de compressores até 2018 e da fundição até 2022. No ano passado, a empresa gerou 116.200 t de resíduos globalmente. Desse total, 86,3% foram reciclados e 13,4% foram destinados para aterros sanitários.

 

De toda a água que a Embraco global consumiu em 2016, 27% foi reutilizada. O destaque fica para as plantas de compressores do Brasil, China e México.

 

Outra importante iniciativa relacionada à sustentabilidade é o programa Nat.Genius, que transformou o processo de logística reversa de resíduos eletroeletrônicos e passou a reciclar diversas linhas de produtos, colaborando, assim, para a gestão dos resíduos da empresa e de outros clientes no Brasil, Europa e América do Norte. Em dois anos, segundo o relatório,

 

 

Comunidades e pessoas

 

Inúmeros projetos e atividades voluntárias nas comunidades do Brasil, China, Eslováquia, Itália e México já contribuíram para o bem-estar de mais de 35 mil pessoas. Só o Prêmio Embraco de Ecologia, realizado desde 1992 em escolas de Joinville, já recebeu 823 projetos em suas 24 edições, dos quais 106 foram selecionados e implantados com o patrocínio da empresa. Com mais de 100 mil pessoas beneficiadas, foi classificado entre as boas práticas do Pacto Global, da ONU.

 

No último biênio, foram realizadas cerca de cinco mil horas de trabalho voluntário com o apoio de mais de 500 colaboradores em eventos como o Global Volunteer Day (Prove um Dia Diferente). Além disso, a companhia conta com a Associação Desportiva da Embraco, localizada em Joinville, que é aberta todos os dias à comunidade, um convite à prática de atividades e ao lazer.

 

O relatório é global e traz resultados da empresa em suas unidades – Brasil, China, Eslováquia, México, Estados Unidos, Itália e Rússia – e pode ser acessado na íntegra no link.